Viva Messi!

Quem viu Barcelona 4 a 0 Bayern de Munique sabe do que eu estou falando. Não há como deixar de exaltar o futebol do argentino Leonel Messi. Ontem ele foi espetacular. Não só por ter marcado duas vezes, mas, pelo conjunto da obra. Seu talento deixou os jogadores do time alemão sem ação. Uma atuação brilhante.

No Brasil exaltamos o futebol arte, como se ele se resumisse a dribles, fintas, malabarismos. Agora junto isso tudo a um poder de decisão extraordinário, grande qualidade na finalização e impecável visão de jogo. Você terá Messi. Sem dúvida alguma o maior jogador de futebol que existe hoje no planeta.

E nem vale dizer que ele é um jogador de lampejos. Afinal uma das suas grandes qualidades é a regularidade. Nessa temporada ele tem vivido momentos mágicos. É o grande responsável pelo ano vitorioso do Barça. Tem tudo para coroar o ano com um título espanhol, e pelo andar da carruagem, com a taça da Liga dos Campeões também.

Enfim, se você ainda não viu, programe-se para assistir logo um jogo em que Messi esteja em campo. Se já viu, delicie-se e aplauda esse gênio da bola.

—————————————————————————–

Idéias sem ponto

Se você não conhece esse escudo, saiba que ele pertence ao Tupi Futebol Clube, tradicional clube da cidade mineira de Juiz de Fora. Time que no ano passado foi o melhor de Minas, excetuando-se Cruzeiro e Atlético.  A 3º lugar no Mineiro e campeão da Taça Minas Gerais, o Tupi ganhou vaga na Copa do Brasil deste ano.

O futuro tinha tudo para ser promissor. Acumulando dois anos de boas temporadas, estando na vitrine com a Copa do Brasil, esperava-se um aumento de receita e a formação de um elenco ainda mais forte.

Entretanto, o contrário aconteceu. A verba foi reduzida, o time formado era medíocre e a campanha, obviamente foi fraca. O Carijó, como é conhecido, foi 8º lugar no Mineiro, sendo obrigado a enfrentar o Cruzeiro nas Quartas-de-Final. Foi massacrado por 7 a 2. Na Copa do Brasil, depois de vencer o Criciúma por 2 a o em Juiz de Fora, o Tupi foi eliminado no último minuto em Santa Catarina perdendo por 3 a 0.

À torcida, restava a esperança de ver o clube fazendo boa campanha na Série D do Brasileirão, ao qual já estava classificado, e a Taça Minas, que dá sempre a oportunidade de levantar um troféu. Mas, a diretoria anunciou nesta semana que existe a possibilidade do Carijó ficar fora de ambas as competições.

Para que isso não aconteça o time precisa dobrar suas receitas. Você aí deve estar pensando em milhões de reais. No caso do Tupi os números são mais modestos. O time precisa de 100 mil reais mensais para não fechar suas portas no fim do semestre. Na verdade, necessita de 70 mil, porque 30 mil já vem da prefeitura. Obviamente, se o executivo municipal pagar em dia sua parte, o que não vem acontecendo.

Juiz de Fora é a quarta maior cidade de Minas Gerais, tem uma das maiores rendas per capita do Brasil, mas, os times de futebol não conseguem apoio. Lamentável.  A cidade não tem grandes investidores, mas, tem um setor de serviços forte, que poderia criar formas de parceria com o Tupi. Disputando competições nacionais, a marca poderia ser levada a outros cantos do país. Enquanto isso não acontece, o Tupi e muitas outras equipes pequenas vão viver apenas de um ou outro bom momento. Uma pena para quem torce para o futebol do interior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s