O dia em que o futebol mudou a geografia

Vinha para casa agora a pouco e ao passar em frente a um restaurante, parei em frente a um telão que mostrava Botafogo x Americano. Subitamente um garçom veio a minha direção enfático: “Foi para os pênaltis. E olha que o Botafogo fez um gol no último minuto”.

Era hora de colar o ouvido no radinho e acompanhar a partida no trajeto para casa. E na marca da cal a parada foi fávoravel ao time de Campos dos Goytacazes. Para quem não conhece essa é uma cidade que se localiza no Norte do Estado do Rio de Janeiro. Entre outros Campos revelou para o mundo politiqueiros como Anthony Garotinho e Caixa d´Água. Mas, é óbvio que a cidade não merece ser punida por isso.

Bom, voltando ao futebol. Durante o jogo é até normal uma torcida pró-Botafogo, um time com mais “ouvintes” que o Americano. E foi isso o que aconteceu. Mas, quando o jogo acabou algumas pérolas foram ao ar.

Primeiro, o narrador Édson Mauro disse, que o dia era terrível para o futebol carioca. Até então, o Botafogo caíra e o Fluminense perdia para o Águia de Marabá por 1 a 0. Mas, se você caro leitor não andou faltando as aulas de português, sabe que carioca é quem nasce na cidade do Rio de Janeiro. O problema maior era o tom de lamúria do ótimo locutor.

Quando a transmissão passou em definitivo para o jogo do Fluminense, foi a vez de Fernando Bonan já começar com tudo. O narrador da segunda partida jã começou falando que aquele era um dia ruim para o futebol do Rio. Mas, peraí, aonde fica Campos, afinal de contas?  O lamento durante a transmissão dava a impressão que o Botafogo fora eliminado por um paulista.

Tudo bem, o alvinegro carioca perdeu, obviamente que isso tinha que ser tratado como um mau resultado. Mas, qual o problema em exaltar a façanha do Americano? Afinal de contas, é um time do Rio de Janeiro que acabara de conquistar um excepcional resultado se garantindo entre os 16 finalistas da Copa do Brasil, segunda competição mais importante do futebol brasileiro.

Pode ter passado despercebido por ter sido contra uma equipe pequena. Mas, foi um vacilo que não precisava acontecer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s