Edvan tira Serrano do sufoco e garante 100%

Depois de 15 meses de espera, o Serrano voltou a disputar uma partida oficial em Petrópolis. E o resultado não poderia ser melhor. O azul e branco bateu o Condor por 1 a 0, e segue líder do seu grupo na Série C do Estadual, com nove pontos. O atacante Edvan, que entrou no intervalo, marcou o gol que garantiu o 100% do Leão da Serra.

Na raça, Serrano garantiu vitória na sua estreia em casa

Apesar de encarar o lanterna do grupo, o Serrano encontrou muitas dificuldades. O adversário entrou em campo para não deixar a equipe petropolitana não jogar. Jogando com duas linhas de 4, na defesa e meio-campo, o Condor anulou as jogadas pelos lados do ataque serranista e congestionou a zona central, fazendo o azul e branco errar muitos passes.

Nitidamente nervosa, a equipe de Petrópolis não conseguia criar jogadas ofensivas. A dificuldade era tamanha que aos 30 minutos da etapa inicial, o atacante Victor Santos, se irritou com a marcação adversária e fez falta de ataque, levando cartão amarelo, o terceiro da série que o deixa fora do próximo jogo, contra o América de Três Rios.

Mas, mesmo com tantas dificuldades, o Serrano começou a encontrar o bom futebol a partir dos 38 minutos. Foram três chances claras de gol, duas vezes com o zagueiro William, em bolas cabeceadas, uma na trave e outra por cima do gol; e com o lateral-direito Joel, que quase marcou após chutaço de fora da área que saiu ao lado da meta de Valdeci.

Com portões do estádio fechados, galera se virou para acompanhar o jogo

Reação com 10 em campo

No intervalo, o técnico do Serrano, Duílio, que havia se irritado com Victor Santos após o cartão amarelo, sacou o atacante e colocou Edvan. Além disso, no fim do jogo, o comandante azul e branco afirmou que pediu para o time explorar mais os lados do campo. E as mudanças foram certeiras, já que no segundo tempo, o Serrano pressionou muito o adversário até achar seu gol.

E olha que não faltaram requintes de suspense até o apito final. Um dos personagens que estiveram perto de se tornar vilão foi o volante Chicão, que acabou expulso após tomar o primeiro amarelo aos 10 e o segundo aos 14, da etapa complementar, ao matar dois contra-ataques do Condor. O adversário até tentou pressionar e aproveitar a vantagem numérica.

Mas, aos 27 do segundo tempo, foi a vez do Serrano ir com tudo para cima do adversário, e com muita eficiência. Puxando contra-ataque, o meia Douglas carregou a bola e soltou um foguete da intermediária, o goleiro Valdeci soltou nos pés de Edvan, que não titubeou e colocou a redonda no fundo das redes.

Depois do gol, cada equipe teve pelo menos uma oportunidade de gol. Pelo Serrano, Edvan, e pelo Condor, Felipe; tiveram chances de mexer no placar, mas, sem sucesso. No fim, 1 a 0 e liderança isolada do Grupo C, com dois pontos a frente do América de Três Rios, adversário no jogo do próximo domingo, às 16h, no estádio Atílio Marotti.

Preocupação com cartões

Autor do gol salvador do Serrano, Edvan, titular da equipe até o primeiro jogo da competição, ressaltou o espírito de luta do time, que conseguiu buscar a vitória mesmo jogando com um atleta a menos, desde o início do segundo tempo.

– Estou muito feliz. Ainda quero jogar muito aqui e ser campeão com o Serrano. Todos estamos de parabéns, jogamos muito – afirmou o artilheiro.

Duílio se queixou da quantidade de cartões que o time tem levado

Duílio considerou o jogo contra o Condor, o mais difícil da competição até agora. O comandante azul e branco assegurou que já havia alertado a sua equipe sobre o rival. Ele também acredita que a primeira partida em Petrópolis, este ano, também causou um pouco de apreensão do seu elenco, sendo um complicador a mais.

– Para essa garotada tudo é novidade. A última vez que o time havia jogado aqui, perdeu por 9 a 0 (para o Sampaio Corrêa, na Série C de 2009. Agora, no domingo, espero que a torcida venha, porque não trabalhamos para ninguém que não seja o torcedor. Vamos voltar as glórias e colocar o clube aonde ele nunca deveria ter saído.

Duílio também criticou o excesso de cartões que a equipe tem levado e disse que durante a semana, essa é uma das suas preocupações. Para o jogo de domingo, contra o América, o treinador terá três desfalques, todos por suspensão, Chicão expulso, Brunão e Victor Santos que levaram o terceiro amarelo. O treinador não confirmou os substitutos, e até levantou a possibilidade de mudar o 4-4-2 atual, por um esquema com três zagueiros ou até mesmo com apenas um atacante.

FICHA TÉCNICA
Serrano 1 x 0 Condor
Data: 13/03/11 – 16h
Estádio: Atílio Marotti (Petrópolis-RJ)
Árbitro: Leonardo Castro / Auxiliares: Wander Luís Conceição e Tiago Pillar
Gol: Edvan, 27’/2ºT.
Cartões amarelos: Victor Santos, Brunão e Chicão (SER); Hudson, Cocão e Rocha (CON).
Cartão vermelho: Chicão, 14’/2ºT.
Renda/público: Jogo com portões fechados.

SERRANO: Jéferson; Joel, Vitor, Willian Xavier e Raí; Brunão, Chicão, Douglas e Júlio César (Bruno Aguar, 41’/2ºT); Alexandre (Matheus, 46’/2ºT) e Victor Santos. Técnico: Duílio.

CONDOR: Valdeci; Pedro, André Carvalho, Felipe e Cocão; Jean, Marquinho, Latrel e Nathan (Rocha, 24’/2ºT); Rodolfo e Hudson. Técnico: Sidney Rodrigues.

Voltar à página inicial

Anúncios

Um comentário sobre “Edvan tira Serrano do sufoco e garante 100%

  1. Oi Bruno.

    Criamos uma comunidade no orkut sobre a Série C do Carioca e usei esse texto lá para manter atualizada as notícias do Serrano. Claro que lhe dei os devidos créditos e gostaria que vc participasse da comunidade, o endereço é:

    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=112020464

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s