Heroico, Dortmund vira nos acréscimos, bate Málaga e avança na Liga dos Campeões

Uma das minhas atribuições na Agência Efe é escrever crônicas de partidas válidas por competições internacionais, como Liga dos Campeões da Europa, Taça Libertadores, Mundial de Clubes. Hoje, a missão foi falar de Borussia Dortmund e Málaga, que talvez tenha sido o jogo de alto nível mais espetacular dos últimos tempos. Confiram! Espero que gostem!

Virtualmente eliminado até os 46 minutos do segundo tempo, o Borussia Dortmund arrancou uma virada espetacular nesta terça-feira sobre o Málaga por 3 a 2, em um dos melhores jogos da atual temporada, e voltará a disputar uma semifinal de Liga dos Campeões da Europa após 15 anos.

O gol que valeu a classificação foi marcado por um brasileiro: o zagueiro Felipe Santana, ex-Figueirense, que com sua equipe perdendo por 2 a 1, foi improvisado como centroavante e fez o terceiro da equipe alemã, aos 49 minutos da etapa final.

Felipe Santana virou um herói insólito, ao virar centroavante e marcar o gol da classificação

Antes, o Málaga esteve duas vezes na frente, com gols de Joaquín e Eliseu, e o Borussia empatara com Lewandowski e Reus. Com a vitória, a equipe alemã se mantém como a única invicta na atual edição da ‘Champions’, além de permanecer com 100% de aproveitamento jogando no estádio Signal Iduna Park.

A última vez que a equipe de Dortmund disputou uma semifinal do principal torneio europeu aconteceu na temporada 1997/1998, quando o eliminado da vez foi o Bayern de Munique. Na edição anterior da Liga dos Campeões, o time alemão fez sua melhor campanha, conquistando o título.

O Málaga, por sua vez, encerra sua participação de estreia da ‘Champions’ de maneira honrosa. O técnico Manuel Pellegrini, que perdeu o pai no último sábado, no entanto, não conseguiu repetir sua façanha de ter levado o também caçula na competição Villarreal às semifinais em 2005/2006.

Nesta sexta-feira, na sede da Uefa, em Nyon, na Suíça, o Borussia Dortmund conhecerá seu rival na próxima fase da competição, que pode ser o Real Madrid, que hoje eliminou o Galatasaray, ou os vencedores dos duelos de amanhã, entre Juventus e Bayern de Munique, e Barcelona e Paris Saint-Germain.

Empurrado pela sua torcida, que mais uma vez “pintou” de amarelo as arquibancadas do Signal Iduna Park, o Borussia Dortmund veio a campo com um de seus mais importantes jogadores, o meia-atacante Jakub Blaszczykowski, recuperado de lesão na virilha. O zagueiro Matt Hummels, por sua vez, ficou no banco de reservas, mesmo recuperado de lesão no tornozelo. Felipe Santana entrou no seu lugar.

Mais uma vez, a torcida do Borussia Dortmund deu um show nas arquibancadas

O Málaga, por outro lado, apresentou uma mudança estratégica, com a saída de Roque Santa Cruz do time titular, para a entrada de Duda no meio-campo. Com isso, Júlio Baptista foi utilizado como único homem de frente, auxiliado pelos talentosos Joaquín e Isco.

Surpreendentemente, o começo do jogo foi de domínio territorial da equipe visitante, que mantinha a posse de bola, tentando encurralar o adversário. Faltou a finalização, já que a primeira do jogo aconteceu quando o equilibrio era maior e foi da equipe de Dortmund. Aos 15 minutos, Götze lançou Lewandowski que tentou encobrir Caballero e acabou jogando por cima do gol.

O lance deu uma esfriada no Málaga, que passou a ter mais cautela. E com calma, as coisas deram mais certo para o time espanhol. Em jogada iniciada por Júlio Baptista, que brigou para ganhar a bola no alto na intermediária, Isco e Joaquín tabelaram, e a bola ficou com o camisa 7, que dominou, cortou Schmelzer e com estilo bateu no cantinho de Weidenfeller para abrir o placar.

O golpe foi duro para os donos da casa, afinal, só a virada servia adiantava para o Borussia Dortmund, que no fim da primeira etapa armou uma verdadeira blitz ofensiva, que ia esbarrando na forte marcação do time malaguenho. Até que aos 39, o talento de Marco Reus demoliu a retranca, com um passe de letra espetacular para Lewandowksi, que driblou Caballero e bateu para o fundo do gol.

Nos acréscimos, aos 46, o Málaga ainda teve forças para dar um susto no time alemão, quando Joaquín concluiu cruzamento de cabeça, em falta cobrada por Duda, na intermediária do time alemão, obrigando Weidenfeller a fazer boa defesa, mantendo o placar empatado no primeiro tempo.

A etapa complementar começou com o Borussia Dortmund agredindo em busca da virada. Logo aos 2 minutos, em trama bem desenhada pelo ataque do time alemão, mais uma vez a bola sobrou para Lewandowski, que bateu firme para a defesa de Caballero.

Quase que imediatamente a equipe espanhola respondeu, em um dos grandes lances da partida. Após cruzamento na área, Joaquín apareceu sozinho para cabecear e acertou o canto direito do gol, mas Weidenfeller se esticou todo e fez uma defesa espetacular, jogando a bola para escanteio.

Aos 7, Mario Götze teve grande chance, ao receber sozinho dentro da área, mas acabou isolando na finalização. O lance se mostrou precioso, já que o nervosismo pelo desperdício, a forte marcação do Málaga, foram minando a confiança da equipe, que começou a ter problemas na hora de criar.

A equipe de Dortmund ainda teve um gol corretamente anulado aos 23 minutos do segundo tempo, quando Schmelzer cruzou para Blaszczykowski, que a frente da linha defensiva do time malaguenho, ajeitou para Lewandowski, que estava com gol aberto para marcar.

Dois minutos depois, foi a vez de Weidenfeller aparecer de novo fazendo ótima defesa, em chute de longa distância de Toulalan. Logo depois, o técnico Jurgen Klopp promoveu uma dupla alteração, colocando Sahin e Schieber nos lugares de Bender e Blaszczykowski. Manuel Pellegrini, por sua vez, tirou Duda e colocou Eliseu.

Vendo seu companheiro de posição fazendo milagres, Caballero também quis ter seu momento de brilho, aos 21 minutos, quando Schieber cruzou e Reus acertou de primeira um belo chute, que o goleiro argentino defendeu com o pé esquerdo, em lance de puro reflexo.

O camisa 13 brilhou de novo, em jogada fulminante do Borussia Dortmund, na qual Götze tocou no lado de apoio de Caballero, que com um leve toque com a ponta dos pés conseguiu jogar a bola para escanteio, evitando a virada para o time da casa.

Depois do argentino fazer sua parte no gol, o ataque do Málaga resolveu lá na frente, aos 32 minutos do segundo tempo. Em contra-ataque mortal, Júlio Baptista recebeu e bateu para o gol, tirando do goleiro. Antes de a bola cruzar a linha, Eliseu, em posição duvidosa, só escorou para dentro das redes, dando a impressão que o duelo estava encerrado.

Logo depois do gol, o meia-atacante brasileiro deixou o campo para a entrada de Santa Cruz, enquanto no Borussia, Hummels entrou no lugar de Gündogan, em alteração que fez Felipe Santana passar a atuar como atacante da equipe, em tentativa desesperada de buscar a virada.

E a mudança surtiu efeito. Aos 46 minutos, em cobrança de falta para dentro da área, Subotic ajeitou, Felipe Santana ficou perto de marcar, mas acabou sendo travado dentro da área. No rebote, Marco Reus soltou a bomba e estufou as redes do Málaga.

A emoção não parou aí. Passados quatro minutos dos 45 regulamentares, o Borussia Dortmund, impulsionado pela sua torcida foi para a área, então Lewandowski cruzou, Schieber desviou, Reus jogou como pôde para o meio da área onde estava o agora centroavante Felipe Santana, que também em posição duvidosa escorou para o gol, no lance que valeu a heróica classificação às semifinais.

Ficha técnica:
Borussia Dortmund: Weidenfeller; Piszczek, Subotic, Felipe Santana e Schmelzer; Sven Bender (Sahin), Gündogan (Hummels), Reus, Götze e Blaszczykowski (Schieber); Lewandowski. Técnico: Jurgen Klopp.
Málaga: Caballero; Gámez, Demichelis, Sánchez e Antunes; Toulalan, Camacho, Duda (Eliseu), Joaquín e Isco; Júlio Baptista. Técnico: Manuel Pellegrini.
Árbitro: Craig Thomson (Escócia), auxiliado por seus compatriotas Derek Rose e Alasdair Ross.
Gols: Lewandowski, Reus e Felipe Santana (Borussia Dortmund); Joaquín e Eliseu (Málaga).
Cartões amarelos: Bender e Schmelzer (Borussia Dortmund); Gámez e Toulalan (Málaga).
Estádio: Signal Iduna Park, em Dortmund (Alemanha).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s