Futebol europeu precisa de Bom Senso?

A temporada é atípica devido a realização da Copa do Mundo, mas as reclamações já aconteceram: o calendário dos maiores campeonatos europeus está inchado demais. Lá o problema não são os Estaduais, como por aqui, mas eles existem, assim como as possibilidades de mudanças para tornar as competições melhores.

O futebol europeu às vezes parece dos sonhos, mas não é

Continuar lendo

Anúncios

Campeões do dinheiro, do sofrimento e da preguiça

 Por Douglas Rocha*

Clube que mais gastou para reforçar o elenco na atual temporada europeia graças a um grupo de investidores árabes que o adquiriu em 2011, o Paris Saint-Germain saiu de uma fila de 16 anos e chegou ao terceiro título francês de sua história. A conquista foi confirmada no último domingo com uma vitória por 1 a 0 sobre o Lyon, no campo do adversário.

No Brasileirão, o atual campeão também é “rico”. Bancado pelo patrocínio da Unimed, o Fluminense teve a maior folha salarial do campeonato em 2012 (R$ 8 milhões por mês, de acordo com o “Diário de São Paulo”) e levantou o troféu, o segundo do clube na competição em três anos. Continuar lendo