Filiados à rica Ferj, clubes da Série B lutam para liberar estádios

No fantástico futebol carioca, apresentado recentemente no Esporte Fino, os preparativos estão sendo feitos para as sensacionais divisões de acesso. No reino da rica Ferj, no entanto, o último quesito resolvido foi a liberação dos estádios e a definição de onde a bola rolará para cada jogo. Depois de uma semana de atraso na competição, enfim a primeira rodada, que acontecerá neste sábado, tem (quase) todos os palcos definidos. Continuar lendo

Olho nos destaques dos pequenos nos Estaduais!

Sem querer bater outra vez nos combalidos Estaduais, é preciso dizer para poucas coisas estas competições têm sido úteis. Uma delas, é pela possibilidade de clubes de primeira e segunda divisão do Campeonato Brasileiro “garimparem” reforços de baixo custo para o restante da temporada.

Cristiano é um dos destaques dos Estaduais 2014, ao ajudar a colocar o Maringá na final do Paranaense

Continuar lendo

Calendário novo possibilitaria Brasileirão diferente

Meses atrás postei aqui no blog uma sugestão de calendário para o futebol do nosso país, extinguindo os campeonatos estaduais e fazendo o Brasileirão durar o ano inteiro, com uma Série D que manteria todos os clubes pequenos em campo por pelo menos nove meses, disputando algo que realmente vale.

Pois bem. Finalizada a temporada 2013, resolvi esboçar como ficariam as quatro divisões nacionais no próximo ano, para dar uma ideia melhor do que estou falando. Vale ressaltar, que mais detalhes do calendário como um todo estão no texto anterior, linkado acima. Continuar lendo

Um Vasco para recomeçar

Já virou tradição. Desde o fim de 2009, no primeiro ano de atividade do Rivais do Rio, faço uma análise do elenco atual do Vasco e sugiro reforços para a temporada seguinte. Como o blog não está mais em atividade, farei esta publicação aqui no Quatro Linhas. Para 2014 a missão não é fácil, já que pela primeira vez desde que me propus a essa tarefa, o pensamento será voltado para montar um elenco para a Série B.

O cenário é de crise financeira e administrativa, por isso, não pensei em nenhuma loucura. Claro, que se a diretoria enfim conseguir se organizar e desbloquear todas as receitas passadas e futuras, a situação melhora consideravelmente e o nível dos reforços poderia subir. Por ora, todas as sugestões passam por jogadores relativamente baratos, ou em fim de contrato. Alguns deles poderiam estar disponíveis por empréstimo. Continuar lendo

Um novo calendário para o futebol do Brasil

Se você acompanha esse blog, já percebeu que o autor anda meio desaparecido. Peço perdão, mas, o trabalho é intenso e além disso, os momentos extras, acabam sendo utilizados, entre outras coisas, para escrever no Rivais do Rio, onde falo sobre o Vasco da Gama. Mas, também não posso negar certo desleixo, afinal, vou fazer agora, a continuação de um texto postado em 13 de agosto de 2009! Por isso, deixo link aqui, pois, é importante para situar sobre algumas considerações (detalhe no lamentável aviso de que, no dia seguinte, haveria essa continuação…hehehe…pior que político!). Continuar lendo