Obrigado Reizinho! Até pelo gol que você não fez

Lembro de um gol que Juninho nunca fez, num jogo em que ele não atuou, o primeiro que vi no Maracanã, aos 12 anos de idade – vitória do Vasco sobre o Fluminense por 5 a 3, em 1996. Até anos atrás, na minha cabeça o Reizinho havia marcado naquele jogo. Não o fez, assim como não pisou no gramado. Acho que só um grande craque conseguiria fazer um torcedor criar uma recordação assim.

Juninho virou Reizinho e fez do Vasco seu lugar

Continuar lendo

Anúncios

Sobre a “39ª rodada” do Brasileirão

Última coisa que quero comentar sobre a “39ª rodada do Brasileirão” (prometo não falar sobre o assunto nem mesmo o resultado do julgamento):

Imaginemos duas situações. A primeira, com o Palmeiras brigando para subir da Série B ponto a ponto com o Icasa. Aí, na última rodada, os dois ganham seus jogos e o time cearense sobe. No dia seguinte, surge a informação da escalação de um jogador que estava suspenso, que entrou aos 32 minutos do segundo tempo e teve atuação apagada.

A segunda, envolveria o Flamengo. Depois de perder a final da Copa do Brasil para o Atlético Paranaense, é divulgado que o clube rival relacionou para o jogo um atleta que disputou a primeira fase pelo Itabaiana.

Vocês defenderiam que os infringentes fossem punidos e que seus times não fossem favorecidos, no caso Palmeiras subindo e o Flamengo ficando com o título?

Quem torce para outros clubes, pense em situações semelhantes e resposta.

E outra, antes que comecem a desviar o foco: sou contra o recurso do Vasco, acho que a decisão correta era não ter voltado para o campo.

Só que, todos os 20 clubes que disputaram o Campeonato Brasileiro assinaram o regulamento e aceitaram o Código Brasileiro de Justiça Desportiva como documento que “dissipa” os casos não-resolvidos.  Então, não adianta chorar.

Um Vasco para recomeçar

Já virou tradição. Desde o fim de 2009, no primeiro ano de atividade do Rivais do Rio, faço uma análise do elenco atual do Vasco e sugiro reforços para a temporada seguinte. Como o blog não está mais em atividade, farei esta publicação aqui no Quatro Linhas. Para 2014 a missão não é fácil, já que pela primeira vez desde que me propus a essa tarefa, o pensamento será voltado para montar um elenco para a Série B.

O cenário é de crise financeira e administrativa, por isso, não pensei em nenhuma loucura. Claro, que se a diretoria enfim conseguir se organizar e desbloquear todas as receitas passadas e futuras, a situação melhora consideravelmente e o nível dos reforços poderia subir. Por ora, todas as sugestões passam por jogadores relativamente baratos, ou em fim de contrato. Alguns deles poderiam estar disponíveis por empréstimo. Continuar lendo

Presente de grego cruzmaltino

Meu aniversário de 30 anos foi comemorado neste domingo. Dia ótimo com a família, revendo familiares a amigos, com muitas mensagens de parabéns chegando, mas que teve um momento triste, afinal de contas, o Vasco da Gama me presenteou com sua entrada na zona de rebaixamento do Brasileirão.

Em casa, o Vasco perdeu para o Muricybol e, outra vez, não mostrou ter forças para reagir

Continuar lendo

Recado para o atual técnico do Vasco da Gama

Sr. Paulo Autuori,
compreendo que o desafio de ser técnico do Vasco deva ser gigantesco e assustador. Creio que os problemas eram visíveis mesmo do Catar. Além disso, dizem que você sempre foi vascaíno, assim sendo duvido que confiava nessa diretoria. Agora, ir embora dois meses e meio após assumir o cargo parece uma contradição ao seu discurso, mesmo com as promessas descumpridas.

Ok, seu direito de sair é inegável, no entanto, dizer que na sexta-feira comunicou sua decisão à diretoria e revelá-la só amanhã soa absurdo. Mesmo que fique, deixa uma ferida aberta por muito tempo. Se for confirmar amanhã que permanece, tenho certeza que seria mais saudável ao clube dizer isso na coletiva após a derrota contra o Inter, pondo fim a onda de boataria. Seria um tapa com luva de pelica na imprensa golpista – sim, existe isso no Vasco.

Se sua decisão for ir para o São Paulo – ou para o raio que o parta -, sinto muito, mas será odiado por cada vascaíno. Seu discurso moderno para sempre soará como lorota. Sabe porquê? O sensato cruzmaltino já não aguenta Dinamite, Eurico e cia. Sua busca pela modernização é o sonho de quem não aguenta mais sofrer. Se está tudo errado, saia dando nome aos bois, diga quem mente, quem leva dinheiro de quem, quem está de corpo mole. Aí talvez o respeito prossiga.

Gaúcho fake faz revelações bombásticas um dia após deixar o Vasco

A demissão do técnico do Vasco provocou também a queda de um popular personagem do Twitter, o Gaúcho do Rio, também conhecido como @Novo_Lopes.  Em meio ao momento conturbado que o clube vive, nada mais sensato que ouvir o fake do ex-treinador no dia seguinte a sua saída do comando técnico vascaíno. Confira essa entrevista exclusiva: Continuar lendo

O time que já entra em campo derrotado por sua torcida

A fase é ruim e vai se tornando péssima. Aí o torcedor sai de casa (ou deixa de voltar para ela), paga um valor nada barato pelo ingresso e vaia o time desde antes do jogo, pedindo cabeça de técnico, cobrando jogador. Esse é o retrato atual do Vasco, que vai sim afundando tecnicamente, tendo no seu torcedor uma pesada âncora.

Derrotado, esse é o Vasco atual

Continuar lendo