Futebol europeu precisa de Bom Senso?

A temporada é atípica devido a realização da Copa do Mundo, mas as reclamações já aconteceram: o calendário dos maiores campeonatos europeus está inchado demais. Lá o problema não são os Estaduais, como por aqui, mas eles existem, assim como as possibilidades de mudanças para tornar as competições melhores.

O futebol europeu às vezes parece dos sonhos, mas não é

Continuar lendo

Anúncios

Vermelho paixão

Você já deve ter ouvido por aí que “o Liverpool talvez seja o time que jogue o melhor futebol da Europa”. Olha, eu tô no grupo dos que têm essa opinião. Longe de achar a melhor equipe, não tenho dúvidas que os ‘Reds’ têm sido os grandes expoentes do jogo bonito, que de tempos em tempos reaparece nos campos pelo mundo.

Foto: Divulgação

Neste domingo, o Liverpool triturou o Tottenham no Anfield Road e assumiu a primeira colocação do Campeonato Inglês

Continuar lendo

30 mil!

O Quatro Linhas comemora nesta sexta-feira a marca de 30 mil acessos desde a criação em novembro de 2008. Depois de muitas idas e vindas, o número é motivo de muita satisfação principalmente porque mais de 17 mil destas visualizações aconteceram desde janeiro do ano passado, quando uma nova fase começou, com a identidade visual que você confere hoje em dia.

Para mim, Bruno Guedes, que comando este espaço – agora aberto a colaboradores, que é outro orgulho -, é um imenso prazer fazer este post. Os números podem ser modestos para muitos, como, por exemplo, os 111 acessos desde ontem até este momento do despretensioso texto “Não vai ter Copa…para eles“, em que apresento alguns grandes jogadores de países classificados para a Copa do Mundo, que não estarão no Brasil. Ótimo para um blog que não está em um portal, tem divulgação basicamente feita nas redes sociais, direcionada aos amigos.

Esta semana para o Quatro Linhas foi absolutamente especial por esta marca e também pela publicação do texto “Um dia de travessura – É assim que nascem as paixões” de autoria do publicitário Luiz Bianco, sobre a experiência de assistir um jogo do Juventus na Rua Javari. Foram mais de 550 acessos em quatro dias, e mais importante do que isso, uma enxurrada de comentários. Diversas foram as pessoas tocadas pela lembrança de um dia ter ido ver o Moleque Travesso de perto, ou pelo estímulo de ter essa experiência.

É isso que esse espaço pretende ser, um lugar em que se encontram grandes histórias, personagens interessantes, e que vá muito além do esporte nas quatro linhas.

Obrigado a cada um que veio até aqui, que curtiu, compartilhou, indicou. Voltem sempre!

Um dia de travessura – É assim que nascem as paixões

* Por Luiz Bianco

São 8 da manhã de um domingo emburrado, de vento frio e querendo chuva em São Paulo. Recebo uma mensagem logo cedo no telefone: “cara, não poderei ir, vai ficar para a próxima”. Ao calçar o sapatos e colocar uma blusa pra topar com o tempo nada amistoso da capital, recebo uma segunda negativa: “olha, não vai rolar, tô com algumas coisas pra fazer aqui. Mas vai lá”.

Éramos cinco e ficamos reduzidos a três. Eu, um amigo e minha brava namorada que topou enfrentar um dia diferente. Há um mês atrás eu já havia decidido. Eu tinha um compromisso de honra na Rua Javari para acompanhar o bravo Juventus da Mooca, o Moleque Travesso.

Continuar lendo

Catar: A Copa do Mundo que não será?

O mês é novembro e o ano é 2021. O anúncio de uma reunião entre federações filiadas à Uefa deixou a Fifa de cabelo em pé. A pauta era uma retirada em massa da Copa do Mundo de 2022, devido à imagem negativa do Catar diante da comprovação das irregularidades nas eleições para sediar a competição, e dos diversos processos trabalhistas movidos por organizações internacionais.

Continuar lendo

Acadêmicos da Boleiragem: nota 10!

Carnaval é festa, é alegria, mas nem todo mundo gosta. Quando chega essa época do ano, muita gente encontra refúgio no futebol para passar tranquilo os dias do Reinado de Momo. Para contextualizar com a folia, nada melhor do que tentar mostrar quem é melhor em alguns quesitos, que podem ser levados da avenida para dentro do gramado. Continuar lendo

Hangout: as sedes da Copa do Mundo de 2014

Participei nesta terça-feira de um hangout promovido pela Central do Futebol, que discutiu a estrutura das sedes da Copa do Mundo de 2014. Luís Paulo Knop, do blog Resenha Esportiva, comandou o papo, que ainda contou com José Henrique Mota, do blog Canelada, e Marcelo Prata, produtor do Esporte Espetacular. Confiram como foi esta conversa:

Com olhar renovado, repórter celebra “milagre” na primeira rodada do Mineiro

Por Bruno Guedes.

O Tupi estreou no Campeonato Mineiro neste domingo, empatando com o América no estádio Independência em 1 a 1. Fora das quatro linhas, ao menos uma pessoa pôde se sentir vencedora: o repórter Bruno Ribeiro, da Rádio Globo de Juiz de Fora, que acompanhou tudo com um novo olhar, graças ao que define como “milagre”.

Bruno Ribeiro, antes do clássico entre Atlético e Cruzeiro que reinaugurou o Mineirão

Continuar lendo

Reencontro com o clássico Elifoot II

O primeiro post de 2014 – aliás, deixo aqui o desejo de Feliz Ano Novo para todos os leitores do Quatro Linhas – é absolutamente nostálgico. Vamos falar de Elifoot, joguinho de DOS que foi febre durante muitos anos e que reencontrei neste fim de semana.

Criado em 1987 pelo programador português André Elias, o arcaico jogo de futebol estilo ‘manager’ – em que você é apenas “técnico” do time e aguarda atualizações de gols durante a partida -, ganhou novas e novas versões, mas talvez a que tenha marcado mais seja a de número 2, lançada em 1992.

Ontem baixei o jogo na internet e não me contive, fazendo uma atualização com 32 grandes times europeus. Uma verdadeira Champions League com quatro divisões contando com oito clubes cada.

Se quiser baixar, basta clicar aqui! Boa diversão!

Calendário novo possibilitaria Brasileirão diferente

Meses atrás postei aqui no blog uma sugestão de calendário para o futebol do nosso país, extinguindo os campeonatos estaduais e fazendo o Brasileirão durar o ano inteiro, com uma Série D que manteria todos os clubes pequenos em campo por pelo menos nove meses, disputando algo que realmente vale.

Pois bem. Finalizada a temporada 2013, resolvi esboçar como ficariam as quatro divisões nacionais no próximo ano, para dar uma ideia melhor do que estou falando. Vale ressaltar, que mais detalhes do calendário como um todo estão no texto anterior, linkado acima. Continuar lendo

Nunca serão…é o destino!

A pergunta é: qual o motivo do torcedor do Vasco estar odiando tanto o Fluminense? A resposta é meio simples, que remonta as contratações de destaques como Alex Dias, Leandro Amaral, de jogadores como Rafael “Pedreiro”, Victor Boleta, ao longo assédio que resultou na saída de Rodrigo Caetano rumo às Laranjeiras, culminando na “compra” do lado cruzmaltino no Maracanã. Em suma, eles usam o dinheiro para se tornar o que a tradição e a história construíram. Continuar lendo

Ídolo do Botafogo, Seedorf ganha “xará” carioca

Colocar o nome em um filho para alguns, é tarefa difícil. Para o carioca Cleber William de Araujo a decisão foi simples e rápida. Em agosto do ano passado, quando ele e a esposa Rosani se descobriram “grávidos”, o torcedor fanático do Botafogo não titubeou: “vai se chamar Seedorf”.

Craque, Seedorf começa a ganhar homenagens no Rio

Continuar lendo

Gols, confronto, título e gás lacrimogêneo no Maracanã

Domingo em um estádio de futebol sempre é bom, mas como contei aqui, nesta Copa das Confederações o primeiro deles não tinha sido tão agradável . Ontem, no entanto, a coisa foi muito diferente, pelo esquema de guerra montado fora do estádio e pelo o gás lacrimogêneo que invadiu o Maracanã, nos fazendo lembrar que não era só o título que queremos. Na bola, tudo deu certo para o Brasil, tomara que fora de campo ela também role redonda e o país avance. Continuar lendo

Uma tarde de horror promovida por uma polícia irresponsável

A pauta hoje era México x Itália. No fim do dia, a maioria das matérias acabaram não sendo especificamente sobre futebol. Como já sabíamos previamente, aconteceria mais uma manifestação – que de forma bem leve, não tem nome, não tem liderança, não tem reivindicação definida – política. E nesse 16 de junho acabei assistindo lamentáveis cenas. O entorno do Maracanã foi transformado em uma praça de guerra, tudo devido a ação irresponsável da polícia. Continuar lendo

Participação em hangout

Amigos leitores,

participo nesta terça-feira, a partir das 19h, de um hangout organizado pelo blog Resenha Esportiva. Os principais assuntos serão a Copa das Confederações e a seleção brasileira. Quando começar farei o possível para lançar o vídeo do Youtube por aqui também.

No meu Twitter, também farei a divulgação.

Não deixem de conferir!